Os 5 principais erros das mulheres no amor...



É claro, nem todas as mulheres agem assim ou cometem todos, mas a lista reflete uma boa parcela do universo estrogênico.
  1. Sonhar com um personagem romântico. Como a pornografia é para o homem, as histórias de romance são para a mulher. Ela idealiza um tipo de homem que só existe nos personagens de “felizes para sempre” e compara o marido com ele. Frustração na certa.
  2. Mendigar atenção. Não entende que tudo o que é demais enjoa, satura. Você conhece alguém que coleciona poeira? Não. Por quê? Por que se encontra em qualquer lugar. Ofereça-se demais e ele vai cansar de você. Quem mendiga a atenção de alguém é porque não conhece seu próprio valor. Se você quer realmente atrair seu parceiro, pare de correr atrás dele.
  3. Tolerar cafajestagens do homem. Ele trai, mente, chega tarde em casa, vê pornografia, agride, humilha… e ela continua com ele. Muitos homens não se tornaram homens de verdade porque uma mulher de verdade ainda não entrou na vida dele. A mulher forte coloca o homem na linha, amarra ele nos trilhos, e enquanto o trem se aproxima faz ele jurar que vai mudar, senão… (Ok, substitua a vírgula depois de “linha” por um ponto final e desconsidere o resto da frase. Acho que você entendeu.)
  4. Lidar com problemas da relação emotivamente. Chorar, fazer cena, tentar fazer o marido ou namorado sentir pena dela, gritar, ficar de cara fechada — basicamente agir como criança para tentar conseguir o que quer. Mulheres, um aviso: não funciona. Se agir assim, ou ele vai entrar no emocional também (sai de baixo) ou ele vai fugir e deixar você falando (chorando, bufando etc.) sozinha. Problema se resolve com inteligência, não com emoção.
  5. Diminuir o homem com palavras e atitudes. Normalmente a mulher usa isso como um mecanismo de defesa, quando já foi muito ferida e quer ferir de volta para ver se tira uma reação dele. Ou quando aprendeu que para não sofrer nas mãos de um homem, tem de tratá-lo assim. Só que a única reação que conseguirá será torná-lo em inimigo mortal ou em um banana. Acho que você não quer nenhum dos dois.
Ninguém erra porque quer. Erramos porque não aprendemos como fazer melhor. Reconhecer os erros é o início da mudança. Se você parar de errar, já vai melhorar muito. Entenda: você não precisa errar. Você não é um robô que não pode mudar seu programa. Você pode pensar, autoanalisar-se, buscar uma maneira melhor de lidar com sua situação.
Comece já. Se quiser nossa ajuda, venha participar conosco nesta quinta-feira.


2 comentários:

Manoel José de Santana disse...

Obrigado amigo (a). Estou fazendo uma visita ao teu Blog. Meus parabéns pelos teus trabalhos e sucessos. Abraço de Manoel Limoeiro. Recife PE.
'Feliz dias das mães, amigo(a)".

http://grupounidoderodafogo.blogspot.com.br/

Recife, 09 de maio de 2015.

Malu Silva disse...

Olá!
Bom dia!
Depois de anos afastada dos blogs estou voltando.
Caso haja desejo de conhecer meu novo espaço deixo o endereço

momentosbrancoepreto.blogspot.com