1- A linguagem dos olhos
Nenhum ou pouco contato visual direto é um clássico sinal da mentira. Uma pessoa que está mentindo normalmente faz de tudo para evitar contato visual. Inconscientemente ela sente que você pode ver "através" dele devido ao contato visual. E sentindo-se culpada ela não consegue encarar você.
Quando encarada visualmente ela olhará para baixo ou balançará os olhos.
Normalmente quando dizemos a verdade nós olhamos fixamente para a pessoa que nos está acusando de algo que não fizemos e fazemos de tudo para não desviar o assunto, já que ninguém gosta de ser acusado falsamente.

2- O corpo nunca mente (falta de gestos)

Quando alguém está mentindo ou guardando algo, ela tende a ser menos expressiva com suas mãos e braços. Se ela estiver sentada ela tende a ficar com a mão no colo, ou se ela estiver de pé pode botar a mão no bolso ou apoiar ela em algum lugar para limitar o movimento das mãos.
Quando os dedos estão fechados ou entrelaçados normalmente indicam que a pessoa está "fechada" ou "guardando algo" já que dedos totalmente abertos e movimentos leves da mão indicam abertura.

Você já notou que quando está empolgado falando algo, suas mãos e braços balançam bastante enfatizando seu ponto de vista e sendo CONGRUENTES com seu entusiasmo? E você também já notou que quando você está falando algo que você não acredita seu corpo ecoa suas emoções e se torna menos expressivo?


3- A congruência da reação
O tempo das reações é algo que normalmente é difícil de fingir. Observe atentamente e provavelmente você não será enganado. Uma reação que não é verdadeira normalmente não é espontânea, e além disso existe um certo "atraso" no tempo de duração da reação falsa. Uma reação verdadeira normalmente começa de maneira espontânea e termina de maneira bruta.
Portanto é importante verificarmos a espontaneidade e o tempo das reações, reações falsas duram mais, começam atrasadas e parecem quase plásticas, pois a pessoa está tentando enfatizar algo que não foi natural. 

4- Se ela está olhando em direção à porta.

Assim como nós saímos fora quando alguém nos ameaça fisicamente, a pessoa que sente uma desvantagem psicológica irá virar-se ou ir embora do seu acusador. Quando estamos confiantes de nossas ideias e argumentos nós tendemos a se mover para perto de quem falamos. O mentiroso é relutante em chegar perto ou encarar de frente quem o acusa. Ela vira a cabeça em direção à porta, ou vira o corpo, mas dificilmente encara de frente o acusador. 

5- O dedo que nunca aponta.

Alguém que está mentindo ou escondendo algo raramente aponta seu dedo tanto pro ar quanto na cara da pessoa. Apontar o dedo indica convicção e autoridade. E também ênfase em um argumento. Alguém que está com medo de ser descoberto provavelmente não irá tomar esse tipo de atitude não verbal.

2 comentários:

✿ chica disse...

Ótimos modos de perceber e acredito que os olhos são os mais importantes...beijos,chica

Kellen Bittencourt disse...

Adorei as dicas amiga, esta 4 foi ótima mesmo estarei atenta a quem se afasta Bjooosss